Destino Patagônia

A extensa região conhecida como Patagônia Argentina começa na altura da cidade de Bariloche (Argentina) e se estende na direção sul, espalhando-se entre o litoral do Oceano Atlântico e do Oceano Pacífico (Chile). Com paisagens impressionantes e uma diversidade incrível, vem se firmando a cada ano como um dos destinos mais procurados pelos turistas de todo o mundo. Parques Nacionais e Reservas Naturais garantem a preservação de todos os seus tipos de ecossistemas, entre os mais visitados estão o de Torres Del Paine (no Chile), o da Terra do Fogo e Los Glaciares (na Argentina).

É uma região de extrema variedade climática e geográfica. Áridas planícies, bosques e glaciares milenares, lagos de diferentes cores, vulcões, rios de corredeiras e um litoral atlântico rico em fauna marinha. São cenários completamente diferentes, porém sempre com algo em comum: a presença próxima e imponente da Cordilheira dos Andes, deixando as paisagens ainda mais impressionantes. Apesar de cobrir uma parte significativa, tanto da Argentina quanto do Chile, menos de 5% da população desses países vive por lá, o que garante a visita a lugares praticamente intocados. Antes da colonização, os principais habitantes da Patagônia eram os índios tehuelches e mapuches, povos que, com o passar dos séculos, foram quase extintos.

Para os amantes de esportes de aventura as opções de passeios são muitas: trekking, escalada, mountain bike, rafting, canoagem, cavalgada e esqui. Para quem procura descanso e conforto, a Patagônia abriga cidades bem estruturadas e estações de inverno de nível internacional. Alpacas, guanacos, cervos, flamingos, elefantes e lobos marinhos, pingüins e baleias são alguns dos principais representantes da fauna da região.


 El Calafate (Argentina)

Localizada às margens do Lago Argentino, é a porta de entrada ao majestoso mundo das geleiras, protegidas pelo Parque PatagôniaNacional Los Glaciares. Durante o ano todo, El Calafate oferece aos turistas a possibilidade de viver, tanto na cidade como em seus arredores, experiências como o trekking sobre o Glaciar Perito Moreno, travessias em veículos 4×4, navegação entre geleiras, visitas a estâncias, cavalgadas e pesca esportiva. Os menos aventureiros podem caminhar pelas ruas da vila e fazer um passeio de compras relaxado, e uma boa dica é experimentar a saborosa gastronomia patagônica. Localizado aos pés do Monte Fitz Roy, a 220 quilômetros de El Calafate, o povoado de El Chaltén – “Capital Nacional do Trekking” – oferece inúmeras trilhas para atrações naturais maravilhosas, como a Lagoa e Glaciar Torre, a Lagoa Capri, o Glaciar Piedras Blancas, entre outros.

Ushuaia (Argentina)

 Ushuaia está localizada às margens do Canal de Beagle, na Terra do Fogo, um conjunto de ilhas separadas do continente pelo Estreito de Magalhães, dividida quase que igualmente entre o Chile e a Argentina. É a porção continental mais austral do planeta e por isso também é conhecida como “Terra do Fim do Mundo”. Ushuaia está cercada pelos Andes, que neste trecho já estão em suas altitudes mais baixas, picos nevados, glaciares, icebergs e ilhas habitadas por multidões de gaivotas, leões-marinhos e pinguins. A região abriga os únicos e últimos bosques antárticos do planeta, testemunhas de um mundo que esfriou, onde vivem animais como o guanaco (camélido sul americano da mesma família da lhama) e o zorro patagônico (um tipo de raposa). Lá existem árvores típicas como a lenga, que forneceu a madeira para as fogueiras dos índios há 10 mil anos, e também para a construção de um presídio, cujas condições inóspitas apavoravam os criminosos argentinos do começo do século.

Puerto Madryn e a Península Valdés (Argentina)

Puerto Madryn está localizada às margens de um grande golfo e ao sul da famosa Península Valdes, onde está uma Reserva Natural criada em 1983 para proteger as centenas de animais que têm ali seu habitat natural ou chegam à procura de abrigo na época de reprodução. Suas águas são visitadas por diferentes animais o ano todo; entre as numerosas espécies de aves e mamíferos marinhos, costeiros e terrestres, é possível avistar com facilidade as baleias francas austrais, pingüins, elefantes e lobos marinhos. Puerto Madryn é conhecida também como a Capital Nacional do Mergulho, devido às suas águas transparentes. A cidade possui uma ampla avenida costeira que oferece uma bela vista da praia, com restaurantes, bares e clubes náuticos para passar o dia.

Torres del Paine e Puerto Natales (Chile)

Patagônia

Puerto Natales está localizada às margens do Seno Última Esperanza na Patagônia Chilena e é um dos centros turísticos mais importantes da região. É acessível de ônibus a partir de Punta Arenas (Chile), ou a partir de El Calafate (Argentina). De Puerto Natales saem excursões de navegação pelos canais e glaciares patagônicos e para o Parque Nacional Torres del Paine. O Parque Nacional Torres del Paine possui 242 hectares e foi declarado Reserva Mundial da Biosfera pela UNESCO. É um dos lugares mais bonitos do Chile e recebe milhares de visitantes ansiosos para admirar seus lagos de cor azul turquesa, seus maciços, suas colinas e sua variada fauna, tudo combinado em um mosaico impressionante de cores que fica estampado para sempre na memória de quem o contempla. O parque é também um dos passeios mais destacados do mundo para fazer trekkings e caminhadas.

Terra do Fogo

A Terra do Fogo é composta por um conjunto de ilhas, separadas do continente pelo Estreito de Magalhães. Está dividida quase que igualmente entre o Chile e a Argentina e é muito rica em petróleo e gás natural. É a porção continental mais austral do planeta, exceto a Antártida, por isto também é conhecida como Terra do Fim do Mundo. As povoações mais importantes na parte chilena são Porvenir no Estreito de Magalhães e Puerto Williams, junto ao Canal de Beagle, na Ilha Navarino. Na porção Argentina as principais cidades são Ushuaia (a mais austral do mundo) e Rio Grande.
A ilha é inóspita e pouco povoada. Entre duas povoações, normalmente existem de 200 a 400 km de terra de ninguém. O norte é seco e plano e o sul montanhoso e verde, com encostas que sobem desde o nível do mar até 1500m de altitude.

El Chalten

Situada a 200 quilômetros ao norte de El Calafate encontramos a pitoresca vila de El Chalten. Localizada próxima ao lago que lhe empresta o nome e cercada pela cordilheira dos Andes, Chalten é conhecida como um dos melhores lugares na Argentina para a prática de caminhadas. Existem inúmeras trilhas auto-guiadas com percurso que variam desde algumas horas até vários dias. Seus atrativos mais famosos são o glaciar Chalten, o monte Fitz Roy e a Laguna del Desierto.

Punta Arenas (Chile)

Um dos portos mais importantes do Chile, Punta Arenas está localizada às margens do Estreito de Magalhães. Antes da abertura do canal do Panamá, foi o principal porto de comunicação entre os oceanos Pacífico e Atlântico. É também ponto de partida para cruzeiros que vão para a Antártida. A partir de Punta Arenas é possível conhecer importantes colônias de pinguins – Isla Magdalena e Seno Otway – na segunda, você pode caminhar entre centenas de pinguins de magalhães.


 

 

INFOGRÁFICO-PATAGONIA

Infográfico Patagônia Argentina

 

Banner para Gold Trip