Destino – Guatemala

Cidade da Guatemala

Embora pequeno, o país possui 19 diferentes ecossistemas que abrangem 33 vulcões, muitos lagos, florestas tropicais, rios, praias ornadas de coqueiros, um deserto e uma cadeia de altas montanhas, alem de ter um clima estável. Os indígenas formam 43% da população guatemalteca e descobrir as tradições e o artesanato destes descendentes diretos dos Maias é um dos pontos altos da viagem. A maior cidade do país é cosmopolita, moderna e o destino ideal para fazer compras. A cultura sofisticada pode ser apreciada nos teatros e museus, principalmente o Nacional de Arqueologia e Etnologia.

Antígua

Guatemala

Imagem: Inguat

Esta cidade, fundada em 1543 com o nome de Santiago de los Caballeros, foi por 200 anos a capital do reino da Guatemala, que abrangia também El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica e parte do México (o atual estado mexicano de Chiapas). Até o século 18 era um dos centros econômicos, políticos e culturais da América, assim como Lima e a Cidade do México. Mas em 1773, uma série de terremotos reduziu parte da cidade a meros escombros. A capital foi então transferida para um lugar mais seguro, a 45 quilômetros de distância, (a atual Cidade da Guatemala) e a antiga metrópole passou a ser chamada Antígua. O fato de ter sido abandonada por praticamente toda a população serviu para conservar intacto o estilo colonial das construções poupadas pelo terremoto, assim como belíssimos casarões e igrejas com influências do barroco espanhol. Com 60 mil habitantes, Antígua é hoje um Patrimônio da Humanidade, de acordo com a UNESCO. A cidade atrai visitantes do mundo inteiro, é parada obrigatória dos 750 mil turistas que chegam ao país a cada ano. Eles vem conhecer os monumentos históricos, divertir-se nos cafés e restaurantes sofisticados que funcionam em casarões coloniais, percorrer as lojas de artesanato, fazer cursos de espanhol nas ótimas escolas locais e hospedar-se em hotéis.

Chichicastenango

A 145 quilômetros de Antígua, numa colina cercada por bosques de pinheiros, fica uma das mais importantes comunidades maias da região, que às quintas-feiras e domingos atrai multidões de locais e turistas para sua grande atração: o mercado. Os indígenas, que chegam para vender seus produtos, herdaram dos antepassados as tradições e a cultura, expressas no colorido artesanato. Ao redor do mercado, eles armam as barracas que se espalham pelas ruas da cidade e vendem panos, bordados, tapeçarias, cerâmicas, bonecas, caixinhas. “Chichi”, como é chamada pelos guatemaltecos, é a cidade santa dos índios Quichés, que vêm prestar culto na igreja de Santo Tomás, belo exemplo arquitetônico do século XVI, bem na frente do mercado. É interessante notar os romeiros que mesclam ritos católicos com rituais Maias.

Parque Nacional Tikal

É o maior dos centros cerimoniais maias e, sem dúvida, um dos principais atrativos da Guatemala. Encontra-se a 70 quilômetros de Cidade Flores por um caminho bem pavimentado; depois de duas horas de viagem, entre paisagens espetaculares, aparece no meio da selva a majestosa cidade de Tikal.

Guatemala

Imagem: Inguat

A entrada no Parque Nacional de Tikal encontra-se depois de passar as salas de refeição e o restaurante local. O Museu Tikal, logo na entrada, exibe numerosas peças de cerâmica, esculturas, peças de jade e osso, diversos objetos procedentes dos túmulos dos senhores de Tikal e uma reprodução do túmulo 116 do Templo do Grande Jaguar, entre outras coisas. Na cidade destaca-se a Casa de Banhos, a Acrópole Central, integrada por pequenos pátios, palácios e templos, o Templo V, com 57 m de altura, com cantos arredondados e de onde se pode obter excelentes vistas da cidade, a Acrópole Sul, com palácios e construções provavelmente do século IX, a Praça Maior, rodeando o Templo do Grande Jaguar de 44 m de altura, a Praça dos Sete Templos, um conjunto de diversas construções onde é possível se apreciar os estilos dos diferentes Períodos, o Templo da Serpente Bicéfala ou Templo IV (do ano 741), de 70 m de altura, sendo o mais alto, o Mundo Perdido, importante complexo onde destaca-se a Grande Pirâmide Central, com grandes máscaras aos lados da escalinata, o Palácio dos Morcegos, a Praça Oeste e o Templo das Inscrições ou Templo VI. Este último encontra-se aproximadamente, a um quilômetro ao sul da Praça Maior e nele estão gravados uma série de hieróglifos.


República da Guatemala

 
Idioma Espanhol
Capital Cidade da Guatemala
Governo República presidencialista
População (estimativa de 2007) 12.728.111 hab.
Área Total 108.890 km²
PIB  Total US$ 63,78 Bilhões
IDH 0,560 (116.º) médio
Moeda Quetzal
Fuso horário (UTC−6)
Cód. Internet .gt
Cód. telef. +502

Banner para Gold Trip